Quinta, 27/7 (Capítulo 59)
Após ler a mensagem, Vera pergunta se Romeu está saindo do punição. Romeu diz que quem mandou a missiva quer encrenca. Julieta consegue enganar a mãe para não perfurar a missiva. Amanda e Enzo voltam para mansão e se deparam com os filhos dormindo. A sós com Bernardo, Vera diz que tem dedo dos Campos no sumiço do tablet. Bassânio conserta a manadeira abandonada que estava desativada.

Em procura de encontrar o suspeito da invasão do apartamento, Vera solicita as imagens da câmera de segurança do hall para Fausto. Ian repassa a história do tesouro às amigas. Em seguida, eles escutam uma conversa entre Fred e Bernardo falando sobre tesouros, que, na verdade, são os registros valiosos dos moradores de Castanheiras para o Instituto. Daniel mostra o projeto do restaurante para Bernardo em seguida as sugestões de modificações do arquiteto. Telma vai trabalhar toda produzida a término de encontrar Mauro.

Bassânio comenta com Pórcia que a viu ensinando Libras para o Vitor e ficou triste. Pórcia pergunta se Bassânio quer voltar a aprender, e ele aceita. Telma oferece o serviço de fisioterapeuta para Mauro na futura ateneu do rapaz e ele aceita. Telma o manda apontar o número dela. Ellen, Ian e Nath procuram pelo tesouro perdido e acabam entrando na antiga mansão de Telma, horizonte Instituto Casa de Castanheiras. Ellen, Ian e Nath encontram o MP3 de Plínio Gaspar, pai de Ellen.

Crânio leva a gangue Pedalzera para o mercado da família. Glaucia e Vera não gostam da atitude do menino. Após arrumar a manadeira, Bassânio marca encontro surpresa com Julieta e Romeu, que ficam felizes vendo a manadeira ativa. A gangue Pedalzera bagunça no Monter Mercado. Romeu vai embora da manadeira, e Julieta recebe um bilhete com uma mensagem sátira envolta de uma pedra.

Deixe uma resposta